• Sem categoria
  • 0

Gols, Flamengo 2 x 1 Coritiba – Brasileirão Série A 22/07/2017

Curtam nossa página: http://www.facebook.com/LeandroSportsVideos

Fla sai na frente, permite empate, mas vence Coxa com gol de pênalti nos acréscimos
Éverton Ribeiro, na função de Diego, deu assistência para o gol de Berrio e marcou o da vitória. Henrique Almeida descontou para os paranaenses
NO SUFOCO
O Flamengo, com novo uniforme e velhos problemas, parecia repetir o problema de partidas anteriores. Saiu na frente, permitiu o empate, e sofreu para vencer com um gol de pênalti de Éverton Ribeiro nos acréscimos: 2 a 1. A vitória alivia a situação de Zé Ricardo, que estava há três rodadas – contra adversários da parte de cima da tabela – sem vencer. O Coritiba conseguiu conter a pressão rubro-negra após sofrer o gol de Berrio no início do jogo e igualou o placar no começo da etapa final com Henrique Almeida. Ainda houve polêmica: um gol de Guerrero anulado por impedimento duvidoso.
1º TEMPO
O Flamengo começou bem na partida. Logo aos três minutos, Trauco cruzou, a bola pegou efeito e carimbou o travessão de Wilson. Aos seis, o primeiro gol. Everton Ribeiro escapou em velocidade pela esquerda, recebeu de Geuvânio e deu bela assistência para Berrio dominar e completar: 1 a 0. O Coritiba respondeu aos 11, em um cochilo de Pará, que desistiu de jogada na direita da defesa rubro-negra. Tomas Bastos cruzou, Rildo e Vaz dividiram, e a bola sobrou para Galdezani emendar, acertando Arão.

O Flamengo deixou de pressionar, apesar de continuar mantendo domínio da partida. Voltou a ameaçar aos 29, em uma bela bola de Geuvânio para Éverton Ribeiro finalizar cruzado. Wilson fez ótima defesa. Geuvânio ainda quase surpreendeu o goleiro do Coritiba em uma cobrança do escanteio com curva. Do outro lado, o time paranaense se limitava a tentar transformar eventuais erros do Flamengo em contra-ataques – sem sucesso.
2º TEMPO
O segundo tempo começou da forma inversa. Com um minuto de jogo, uma bela bola de Tomas Bastos deixou Henrique Almeida de frente para gol. A zaga falhou e o Coritiba empatou: 1 a 1. Vaz quase se redimiu. Aos três, apareceu para completar de carrinho na pequena área. Wilson fez grande defesa. Logo depois, deu assistência para Guerrero marcar. Gol anulado por impedimento duvidoso. O Flamengo quase marcou de novo aos nove, em arrancada de Berrio pela direita. Ele cruzou, mas, antes de Guerrero, Marcio cortou.

Aos 12, Neto Berola partiu em velocidade, cruzou, e foi a vez de Juan salvar os rubro-negros. Zé Ricardo então chamou Vinícius Júnior para o lugar de Berrio. Aos 25, Juan também mandou no travessão ao subir muito para finalizar de cabeça após falta cobrada na intermediária. Guerrero ainda teve chance em tentativa de voleio. Aos 38, Rômulo teve a chance mais clara de fazer o segundo. Parou em Wilson. Mas Vinícius Júnior sofreu pênalti já no fim da partida e, aos 46, Éverton Ribeiro, com categoria, marcou: 2 a 1.

Share

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share
Share