• Sem categoria
  • 0

Gols, Juazeirense 1 x 1 Confiança – Copa do Nordeste 14/02/2016

Estádio VIP tudo sobre o jogo e sobre seu time: http://www.estadiovip.com.br

Fique por dentro do mundo do esporte: https://www.facebook.com/esportelovers

Curtam nossa página: http://www.facebook.com/LeandroSportsVideos

Confiança abre o placar, mas ainda no 1º tempo Juazeirense empata o jogo
Wallace Pernambucano marca para o time azulino, após cruzamento de Caíque e em jogada também pela direita, Wanderson manda na área e Emerson completa de letra
Juazeirense e Confiança estrearam na Copa do Nordeste na noite deste domingo em Senhor do Bonfim. A partida começou a todo vapor, e o Dragão saiu na frente logo aos 5 minutos da primeira etapa. Wallace Pernambucano completou o cruzamento de Caíque e abriu o placar no estádio Pedro Amorim.
Até os quinze primeiros minutos, os visitantes dominavam a partida. Depois, até continuaram insistindo, mas o Juazeirense ficou melhor em campo e criou boas chances de gol. Tanto foi que ainda no final do 1º tempo o Cancão de Fogo conseguiu o empate. Wanderson cruzou da direita e Emerson completou de letra no canto direito do goleiro azulino.
Na segunda parte do jogo, os proletários caíram um pouco de rendimento, pareciam ter sentido a saída de Wallace Pernambucano, que recebeu um pancada e passou mal, e de Caíque, que já tinha cartão amarelo. No Juazeirense, as alterações surtiram efeitos positivos, principalmente com Sassá. Ele por pouco não desempatou a partida para os baianos. Sendo assim, a partida permaneceu 1 a 1 e os dois clubes marcaram os primeiros pontos na Copa do Nordeste.
Na próxima quarta-feira, às 21h30 (horário local), o Confiança recebe o Santa Cruz na Arena Batistão em jogo válido pela segunda rodada da competição regional. Já o Juazeirense volta a campo na quinta contra o Bahia Fonte Nova, às 19h15. Os azulinos estão em segundo no grupo B, já o Cancão de Fogo é o terceiro com o mesmo número de pontos e saldo. O lanterna no momento é o Santa Cruz que estreou com derrota em casa para o Bahia.
O jogo
Confiança começou muito bem a partida. As principais jogadas do time proletário aconteciam pelo lado direito com Caíque e passando por Wallace Pernambucano. E, logo aos cinco minutos da primeira etapa, Caíque fez mais uma boa jogada e cruzou para Kível, o atacante azulino tentou, mas não conseguiu complementar o lance, a bola passou direto e Wallace Pernambucano que vinha pelo lado esquerdo esticou a perna direita e balançou a rede no estádio Pedro Amorim.
Após os 15 primeiros minutos, o Juazeirense acordou na partida e, mesmo errando muitos passes, conseguia criar mais que o time azulino. O Dragão seguia tentando ampliar o placar com chutes de fora da área de Wallace Pernambucano e Everton Santos, mas sem sucesso. Em determinados momentos a partida ficou parecendo “gol a gol”. Os goleiros cobravam os tiros de meta e a bola atravessava todo o campo de jogo sem ninguém alcançá-la. A chuva forte antes da partida criou poças de água no campo e atrapalhou um pouco a condução da bola, bem como facilitou a continuação dos erro de passes dos dois lados. Juazeirense então, a partir dos 30 minutos, começou a pressionar mais o Confiança, até que aos 43 Emerson completa de letra o cruzamento de Wanderson e bola acerta o canto direito do goleiro Rafael Sandes, ou seja, tudo igual em Senhor do Bonfim: 1 a 1. Antes do final do primeiro tempo o Juazeirense por pouco não virou o jogo.
Na segunda etapa, o gol esteve mais próximo da equipe baiana. Com as saídas de Wallace Pernambucano e Caíque, time azulino tentava criar jogadas pelo lado esquerdo com Izaldo e Everton Santos. Enquanto isso, os jogadores do Juazeirense arriscavam mais chutes de fora da área e chegavam com mais perigo ao gol de Sandes. Aos 27 minutos, Sassá soltou a bomba com o pé direito da entrada da área e a bola tirou tinta da trave esquerda de Sandes. Aos 45, Raulino cruzou, João Guilherme resvalou a cabeça na bola, Diego Teles cabeceou por último e quase marcou contra. Dois minutos depois a última oportunidade mais clara de gol, mais uma vez do Cancão de Fogo. Capone fez boa jogada pela direita, cruzou e o atacante cabeceou por cima do gol de Sandes. Por pouco o Juazeirense não virou o jogo.Vale ressaltar a polêmica no lance, pois o Confiança ficou reclamando de impedimento e com razão. Capone estava à frente mesmo quando recebeu o passe, mas o árbitro não marcou. Fim de papo em Senhor do Bonfim: 1 a 1.

Share

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share
Share